Otago Peninsula

Você está aqui

Dedique um dia para explorar Otago Peninsula, onde as experiências variam de observações de colônias de pinguins e lobos-marinhos a falésias de dar frio na barriga do The Chasm e Lovers Leap.

Ladeando a margem sul do extenso porto de Dunedin, a Otago Peninsula é alta e pedregosa no lado do mar e quente e coberta no lado do porto. Com origem vulcânica, a península faz parte da parede da cratera de um grande vulcão extinto há muito tempo.

Do ponto de vista paisagístico, a Otago Peninsula é espetacular. Partindo de Vauxhall, você pode seguir a estrada litorânea, passando por pequenos povoados e praias, até Taiaroa Head, onde há uma colônia de albatrozes. Dentre as demais atrações próximo a Taiaroa Head estão os lobos-marinhos em Pilots Beach e os leões-marinhos em Te Rauone Beach.

O lado sul da Otago Peninsula é alto e rochoso. As trilhas de caminhada levam a mirantes nas colinas, praias, áreas ondes os pinguins constroem seus ninhos e colônias de focas. Na Victory Beach há uma formação rochosa com ares egípcios conhecida localmente como "The Pyramids". Já na Allans Beach, é possível ver pinguins-de-olho-amarelo, lobos-marinhos e leões-marinhos.

Partindo de Portobello, é possível retornar a Dunedin pela Highcliff Road, que segue pela dorsal da península. Faça um retorno até a Sandy Mount Road para chegar à The Chasm and Lovers Leap. Também é possível fazer passeios para ver três fornos de calcinação históricos usados desde a década de 1860 até 1938. A Sealpoint Road, outro retorno, leva ao Seal Point e à trilha para Sandfly Bay (cujo nome faz menção à areia que voa das dunas gigantes, não aos insetos). Também é possível chegar a Larnach Castle pela Highcliff Road.

Localizar & reservar voos