Ilhas subantárticas

Você está aqui

As remotas Ilhas subantárticas da Nova Zelândia compõem uma região de beleza esquecida, composta por paisagens rústicas e vida selvagem única.

Localizadas no sul da Nova Zelândia, no Oceano Antártico, as belas e rústicas Ilhas subantárticas são um paraíso esquecido. Elas são o lar de algumas das vidas selvagens mais abundantes e únicas do planeta, com várias espécies de pássaros, plantas e invertebrados não encontradas em nenhum outro lugar do mundo.

Essas ilhas remotas receberam o status de Patrimônio da Humanidade da UNESCO e recebem o mais alto grau de proteção entre as reservas naturais da Nova Zelândia.

Apesar do plano de gerenciamento rigoroso que restringe o número de pessoas permitidas em terra a cada ano, algumas empresas de turismo como a Heritage Expeditions e Wildlife and Wilderness realizam excursões para as ilhas ao longo de todo o ano.

Assista ao vídeo e descubra mais sobre as Ilhas subantárticas.

 

Descubra as ilhas esquecidas

New Zealand
Flores silvestres desabrochando, New Zealand

By A. Breniere

New Zealand
Albatroz durante voo, subantártica, New Zealand

By K Ovsyanikova

New Zealand
Visitantes das Ilhas subantárticas, New Zealand

By N Russ

New Zealand
O espirito de Enderby, New Zealand

By A Russ

New Zealand
Ervas e relva, Ilhas subant., New Zealand

By K Ovsyanikova

New Zealand
Pinguins-de-crista-ereta, New Zealand

By K Ovsyanikova

New Zealand
Flores silvestres desabrochando, New Zealand

By N. Russ

New Zealand
Focas, ilhas subantárticas, New Zealand

By K Ovsyanikova

Snares

Situadas a aproximadamente 100 km a sudoeste da Ilha Stewart/Rakiura, as Snares são uma das áreas mais intocadas da Nova Zelândia.

Florestas de grandes margaridas que cobrem as ilhas e centenas de pássaros, focas e invertebrados habitam os penhascos. As Snares são o lar de várias espécies endêmicas, incluindo três espécies de pássaros terrestres e uma variedade de invertebrados.

Ilhas Auckland

O arquipélago de Auckland é o maior das Ilhas subantárticas da Nova Zelândia.

As ilhas são um importante local de reprodução para muitas aves marinhas, incluindo o raro pinguim-de-olho-amarelo, o albatroz-de- cabeça-branca, albatroz-de-gibson, a pardela-escura e a endêmica biguá-das-auckland.

Ilha Campbell

O botânico inglês Joseph Hooker descreveu a Ilha Campbell como uma "a melhor exibição de flora fora dos trópicos". Ela é especialmente conhecida por suas megaervas; gigantes flores silvestres perenes que se desenvolveram em adaptação às rigorosas condições climáticas das ilhas.

A ilha foi severamente afetada pela atividade humana, mas desde 1954, um processo de eliminação de pragas permitiu que a vida selvagem nativa voltasse a prosperar.