Parques nacionais - Egmont

O Egmont National Park compreende o enorme vulcão Taranaki e oferece cachoeiras exuberantes, florestas tropicais e pântanos musgosos.

Taranaki
Panorama alpino, Taranaki

By Rob Suisted

Taranaki
Egmont National Park, Taranaki

By SoleVentures

Taranaki
Egmont National Park, Taranaki

By Tourism New Zealand

New Zealand
Dawson Falls, New Zealand

By Rob Tucker

O Mount Taranaki é o vulcão da Nova Zelândia mais perfeitamente formado. Tem cerca de 120.000 anos, e sua última erupção ocorreu em 1775. Os vulcanólogos acreditam que a montanha está dormente, e não extinta. Muitas vezes descrita como a montanha mais escalada da Nova Zelândia, o Mt Taranaki proporciona àqueles que não são montanhistas um desafio possível de escalá-lo até o cume.

Em altitudes mais baixas, você andará sobre altas árvores rimu e kamahi; subindo em direção ao vulcão, há arbustos subalpinos e campos de ervas abaixo da neve. As exuberantes florestas tropicais revestem as encostas da montanha e são resultado dos grandes volumes de chuva na região e do clima litorâneo ameno.

A rede de trilhas de caminhada desse parque nacional é extensa e conta com trilhas que variam desde a caminhada de 15 minutos pela Kamahi Track até a trilha Pouakai Circuit de três dias. Há um verdadeiro labirinto de trilhas próximo à região de Dawson Falls, incluindo a caminhada até Wilkies Pools, uma série de piscinas esculpidas nas rochas conectadas por pequenas cachoeiras.

A lenda liga Taranaki às montanhas centrais da North Island. De acordo com a história, Taranaki vivia com outros vulcões, Tongariro, Ruapehu e Ngauruhoe, no planalto central. Quando ele começou a flertar com uma bonita colina, Pihanga, o ciúme violento de Tongariro causou uma erupção. Taranaki fugiu para o oeste, abrindo o leito do Whanganui River em seu caminho. Hoje, Taranaki ainda é venerado e seu cume é sagrado para o povo Maori da região.

Há três entradas para o parque, pelas autoestradas Manaia Road, Egmont Road e Pembroke Road.

Principais destaques

O cone coberto de neve do Mt Taranaki encanta os visitantes que apreciam fenômenos geológicos. Com exceção de uma pequena elevação, a cratera secundária Fantham's Peak, o cone da montanha é simétrico. A escalada até o cume é possível em todas as estações para os praticantes de caminhada experientes, embora o percurso seja mais difícil no inverno e seja melhor contar com a companhia de um guia.

Para as pessoas que se interessam em botânica, o Egmont National Park possibilita observar a progressão das espécies de plantas, desde a arrebentação até o cume. Na floresta da planície há algumas árvores rimu e rata, que gradualmente progridem para kamahi, totara e kaikawaka. A "Goblin Forest", no meio das encostas da montanha, recebe esse nome devido à forma retorcida das árvores e à cobertura espessa de musgo rasteiro. Acima da floresta há arbustos subalpinos e ervas alpinas. Uma extensa rede de trilhas de caminhada permite acessar a beleza única do parque.

Acomodações

No parque há oito cabanas para praticantes de caminhada, oferecidas pelo Departamento de Conservação, que são ligadas por um excelente sistema de trilhas. O DOC também oferece dois alojamentos para os praticantes de caminhadas, o Konini Lodge nas Dawson Falls e a histórica Camphouse em North Egmont. Há também dois alojamentos privados que oferecem acomodações dentro do parque, Dawson Falls Mountain Lodge e Mountain House Motor Lodge.

As cidades de Stratford, Opunake e Hawera têm opções acessíveis de acomodação em hotéis. Além disso, há opções mais luxuosas na cidade de New Plymouth.

Principais atividades

Trilhas curtas e longas

O Egmont National Park tem 13 entradas, o que o torna uma das áreas de vida selvagem mais acessível da Nova Zelândia. A trilha "Around the Mountain Circuit" dura de três a cinco dias. A trilha de dois dias Pouakai Circuit, que começa e termina em North Egmont, cruza o Ahukawakawa Swamp e o que resta do antigo vulcão Pouakai. Há também diversas trilhas próximo a Dawson Falls e East Egmont. Não deixe de fazer a trilha Kamahi, em East Egmont, que atravessa a Goblin Forest.

Escalada até o cume

A principal rota de escalada até o cume começa na North Egmont. O circuito todo leva de seis a oito horas. Durante o inverno, somente alpinistas experientes em escalada na neve e no gelo podem escalar até o cume. Esses alpinistas devem conhecer bem as condições exclusivas da neve e do gelo da montanha, ser experientes, ter os equipamentos adequados e saber como usá-los. A primeira escalada do Mt Taranaki é atribuída a Tahurangi, que causou um incêndio no cume para provar que havia tomado posse da montanha para as tribos Taranaki.

Esqui

O campo de esqui nas encostas leste do Mt Taranaki é operado pelo Stratford Mountain Club, mas os visitantes são sempre bem-vindos. A temporada vai de junho a outubro.

Dicas importantes

  • Três estradas fechadas que levam a North Egmont, East Egmont e Dawson Falls sobem os flancos arborizados do Mt Taranaki.
  • As temperaturas no parque podem cair rapidamente e a neve fofa pode virar gelo em questão de minutos.
  • Ao fazer a escalada até o cume, esteja preparado para eventualidades climáticas.
  • As pessoas que fazem a escalada até o cume não precisam ter experiência em montanhismo, mas devem ter experiência em escalada.
  • Embora chova muito no parque, ele recebe também 2.110 horas de luz solar por ano.
Leia maisFechar
Localizar & reservar voos

Você também pode se interessar por...

Parques Nacionales →

Passeios e caminhadas →

Taranaki →