De Queenstown a Dunedin pelo planejador de rotas de Central Otago

Step back in time to the gold rush as you travel through Central Otago, a land of pioneer history, golden orchards and tantalising Pinot Noir.

- Minimum Length: 278km- Minimum Duration: 1 day- Start: Queenstown or Dunedin- Finish: Dunedin or Queenstown

Queenstown

Se estiver começando sua viagem aqui, talvez seja difícil querer ir embora. Com picos de montanha distantes, lagos cristalinos e ar alpino agradável, Queenstown é um local bem simples de pura inspiração. Tanto para saciar o desejo de aventura como para a apreciação da cozinha e vinho excelentes, a região proporciona a combinação perfeita de ação e relaxamento.

Depois de aproveitar todas as emoções da capital da aventura, é hora de sair de Queenstown e seguir rumo ao charme do campo. 

Cromwell

Siga os importantes rios Kawarau e Clutha pelas áridas colinas cobertas de tomilho e xisto na bacia de Alexandra. A menos de uma hora da cidade você estará cercado pelas vinícolas de Cromwell e Bannockburn.

Nossa dica: Faça uma pausa e prove o Pinot Noir

Invernos frios e rigorosos e verões quentes e secos ajudaram a criar o terreno singular de Central Otago que produz vinhos aclamados internacionalmente. Muitas vinícolas locais têm espaços e restaurantes para degustação. 

Se visitar no verão, você também experimentará aromas adocicados de frutas amadurecidas nos pomares e barracas à beira da estrada ou o perfume prolongado do tomilho florescendo nas encostas das colinas.

Joia escondida: Lake Dunstan

Cromwell está situada próxima às águas turquesas cristalinas de Lake Dunstan. Relaxe em uma cafeteria em Old Cromwell Town e aprecie a belíssima vista.

Alexandra

Quando passar por Alexandra, e observar cuidadosamente a paisagem rochosa encravada nas montanhas, rio e touceiras, poderá avistar também o relógio na encosta da colina acima da cidade. Você pode caminhar até o topo da face rochosa da colina, sem gastar mais de 30 minutos para voltar, onde o relógio de 11 metros lança o seu olhar pontual sobre os moradores locais.

Ao dirigir pelos pequenos povoados ao longo da estrada, você será lembrado de outra época; uma era áurea quando os homens que procuravam fortunas abarrotavam esses vales montanhosos desertos. No final da década de 1860, quando a corrida do ouro de Otago estava no auge, a terra era ocupada por mineiros da Europa, China e Austrália.

Clyde e Lawrence

Você ouvirá velhas histórias sobre a mineração de ouro em Clyde ou, mais adiante, ao longo da estrada, em Lawrence, onde pequenas cafeterias e lojas de artesanato se estendem pela rua principal. Em Gabriel's Gully, a 3 km de Lawrence, é possível visitar o antigo local da mina e tentar garimpar uma pepita de ouro de Central Otago. 

Joia escondida: Clutha River

Clutha River está aberto o ano inteiro para a pesca de truta e salmão. Se você gosta de peixe fresco, pegue uma vara e tente a sorte.

Ao seu comando, desça até o vale e prepare-se para trocar as colinas salpicadas de tomilhos pelas paisagens litorâneas no caminho para Dunedin.

Dunedin

Dunedin é uma cidade histórica com uma atmosfera jovem. Essa cidade universitária está recheada de grandes exemplos variados de arquitetura vitoriana e eduardiana, incluindo o único castelo da Nova Zelândia, Larnach Castle. Imediatamente fora da cidade, Otago Peninsula é um paraíso natural para a rara fauna costeira, como pinguins, albatrozes, focas e leões-marinhos.

Para onde ir em seguida?

Dunedin não precisa ser o final de suas aventuras em South Island. Daqui você pode ir para o norte de Christchurch ou voltar para Queenstown pela rota de cenários deslumbrantes ao sul.

Localizar & reservar voos