Roteiro das Maravilhas da Ilha Sul

22 DIAS

2703 km

Destaques

  • Caiaque pelo Abel Tasman
  • Geleiras de West Coast
  • Dark Sky Reserve

Proximidade

OPÇÕES DE VIAGEM SEM CARRO

Inclui viagem de balsa de ida e volta para Stewart Island.

Faça uma viagem inesquecível de três semanas pela Ilha Sul. De leste a oeste e de norte a sul, você passará por geleiras, montanhas e paisagens deslumbrantes, encontrando tantas espécies selvagens que mal haverá espaço para tantas fotos na sua câmera.

Há muitas opções de atividades de aventura no caminho, como bungy-jumping, barco a jato, mountain biking, paraquedismo, caminhada e muito mais.

Dia 1: Passe o dia em Christchurch

Christchurch - Canterbury
Street art, Christchurch, Christchurch - Canterbury

By Julian Apse

Christchurch - Canterbury

CANTERBURY

Inovação, cultura e atividades estimulantes

Destaques

  • Arte de rua fascinante
  • Mountain biking em the Port Hills
  • Compras e áreas gastronômicas

PRINCIPAIS ATRAÇÕES EM CHRISTCHURCH

Ambiente natural relaxante e aventuras cheias de emoção.

Saiba mais

O centro de Christchurch é um lugar fascinante para conhecer a pé; você pode visitar os Jardins Botânicos, Arts Centre e o Avon River, que serpenteia pela cidade. Se quiser mais aventura, vá a Port Hills e pedale pela trilha de ciclismo Crater Rim.

Quando estiver saindo da cidade, faça uma parada na Willowbank Wildlife Reserve e conheça algumas das aves e animais mais raros da Nova Zelândia. Depois, siga em direção ao norte até a cidade litorânea de Waikuku, onde poderá passar a noite antes de seguir viagem até Hanmer Springs no dia seguinte.

Dia 2: Christchurch até Hanmer Springs

Christchurch - Canterbury
adventure-off-road-driving, Christchurch - Canterbury

By Thrillseekers Adventures

Destaques

  • Passeios de barco a jato e de quadriciclo
  • Piscinas térmicas e spa
  • Esqui e snowboard no inverno

Proximidade

  • By car: 1h54 | 135 km SH1 e SH7
  • By bus: 2h10 | pela Intercity

PRINCIPAIS ATRAÇÕES EM HANMER SPRINGS

O melhor em aventuras e relaxamento.

Saiba mais

A viagem até Hanmer Springs, cidade alpina conhecida por suas piscinas térmicas, é belíssima. Há muitas opções de atividades ao ar livre; aventure-se nas diversas trilhas de mountain bike, cavalgue em meio às árvores ou faça rafting no espetacular Waiau Gorge.

Na sequência, visite as fontes termais Hanmer Springs para descansar os músculos doloridos. Emoldurado pelas montanhas e cercado de neve durante o inverno, este é o lugar ideal para um banho relaxante.

Reserve um tempo para caminhar pela cidade e conhecer as peculiares lojas de suvenires e as butiques cheias de estilo.

Dia 3: Hanmer Springs até Kaikoura

Christchurch - Canterbury
Observação de baleias em Kaikoura, Christchurch - Canterbury

By Sara Orme

Destaques

  • Animais marinhos fascinantes
  • Kaikoura Peninsula Walkway
  • Deliciosos frutos do mar locais

Proximidade

  • By car: 2h | 130 km SH7 e SH1
  • By bus: Sem rota direta de ônibus - veja as opções de viagem sem carro

PRINCIPAIS ATRAÇÕES EM KAIKOURA

Voos panorâmicos impressionantes, observação de baleias e encontros com outros animais selvagens

Saiba mais

Kaikoura fica em uma área costeira acidentada e deslumbrante, que abriga diversas espécies marinhas e serve deliciosos peixes e frutos do mar. No idioma maori, “kai” significa “comida” e “koura” significa “lagostim”, ou seja, não há lugar melhor para degustar lagostins frescos

Com um ecossistema tão vibrante, Kaikoura é o lugar ideal passear de barco e observar baleias, chegar perto de golfinhos ou nadar com focas.

De volta à terra firme, conheça a região caminhando até Ohau Waterfall ou visitando Nga Niho Pa. Os viajantes com consciência ambiental podem plantar uma árvore no Trees for Travellers, para ajudar a compensar sua pegada de carbono.

Opções de viagem sem carro:

Acrescente uma noite em Waipara ou Amberley, antes de seguir para Kaikoura.

Dias 4 - 5: Marlborough Wine Region

Marlborough
Queen Charlotte Track, Marlborough

By Mike Heydon

Marlborough

MARLBOROUGH

De vales de vinhedos a vias fluviais abrigadas.

Destaques

  • Trilha em Queen Charlotte Sound
  • Cruzeiros pelos Sounds para observação de animais selvagens
  • Vinho de classe mundial e deliciosos frutos do mar

Proximidade

  • By car: 2h35 | 153 km via SH1
  • By : A rota SH1 está aberta apenas das 7h às 20h30
  • By bus: 2h25 | pela Intercity ou NakedBus

Marlborough é a principal região vinícola da Ilha Sul e famosa por seu Sauvignon Blanc. Há muitas vinícolas onde se pode fazer uma visita ou degustação. Muitas também oferecem almoços deliciosos.

No norte da Ilha Sul fica o maravilhoso Marlborough Sounds, com uma infinidade de canais entrelaçados, acessíveis somente pelo mar. É possível conhecer a região em um passeio de barco ou caiaque, ou fazer uma caminhada por uma parte da Queen Charlotte Track. Daria facilmente para passar umas duas semanas descobrindo esta região deslumbrante.

As cidades próximas para se hospedar incluem Picton e Blenheim, conhecida por seus charmosos B&Bs e hospedagens cheias de estilo.

Dia 6: Marlborough até Nelson

Nelson
Beer on Tap , Nelson

By Cassels & Sons Group

Nelson

NELSON

Praias de areia dourada e enseadas isoladas.

Destaques

  • Lar dos lúpulos e cervejarias artesanais da Nova Zelândia
  • Praias de areia dourada e enseadas isoladas
  • Trilhas para caminhada e ciclismo

Proximidade

Nelson é um dos lugares mais ensolarados na Nova Zelândia, ideal para praticar atividades ao ar livre. A Happy Valley Adventure oferece diversas opções de atividades, como passeios a cavalo e de quadriciclo, paintball, tirolesa Skywire e muito mais.

Tanto Nelson quanto Motueka – a meia hora de viagem – têm um ar artístico e criativo. Nelson também vive uma crescente cena de cerveja artesanal. Muitas das cervejarias locais organizam visitas e degustações.

No caminho para Motueka, você verá vários produtos locais à venda na beira da estrada, pois há muitos pomares e plantações de frutas silvestres nesta região.

Dias 7 - 9: Abel Tasman National Park

Nelson
Split Apple Rock, Nelson

By Fraser Clements

Destaques

  • Passeio de caiaque até Split Apple Rock
  • Trilha de caminhada Abel Tasman Coast Track
  • Floresta nativa e vida selvagem

Proximidade

ABEL TASMAN NATIONAL PARK

Menor parque nacional da Nova Zelândia, porém perfeito.

Saiba mais

Abel Tasman National Park é uma área de praias de areia dourada, oceano azul cintilante e vegetação que chega à beira da água. Assim como em Marlborough Sounds, você precisará de um barco (há táxis aquáticos que levam os passageiros de enseada em enseada) ou caiaquese quiser conhecer bem o parque.

Muitos passeios guiados de caiaque saem do vilarejo vizinho de Marahau. Você pode passar quantos dias e noites quiser conhecendo a região, basta trazer seu caiaque até a praia ao final de cada dia e acampar por ali.

Também é possível caminhar por parte da Abel Tasman Coastal Track, passando por estuários ou visitando praias de areia dourada para nadar. Percorrer a trilha inteira leva entre três e cinco dias, mas você pode fazer um passeio de um dia e caminhar apenas parte da trilha.

Dias 10 - 11: West Coast e Glaciers

West Coast
Geleira Franz Josef, West Coast

By Fraser Clements

West Coast

WEST COAST

Floresta tropical, geleiras e tesouros geológicos.

Destaques

  • Antigas geleiras
  • Pounamu e história da mineração de ouro
  • Praias selvagens de Wild West

Proximidade

  • By car: 4h25 | 309 km Nelson até Greymouth SH6
  • By : 2h40 | 196 km Greymouth até Glaciers  SH6
  • By bus: 6h | até Greymouth
    4h | até Glaciers

É hora de conhecer a região selvagem de West Coast e a primeira parada será Cape Foulwind. Uma breve caminhada leva os visitantes a colônias de lobos-marinhos. Mais ao sul, no Paparoa National Park, você verá as estranhas e incríveis Punakaiki Pancake Rocks, assim como os famosos respiradouros. Passe a noite em Greymouth e deguste algumas cervejas no Monteith's Brewery Bar, ou siga para Hokitika para andar de caiaque no Hokitika Gorge.

No dia seguinte, siga para Franz Josef Glacier. Você pode fazer um voo panorâmico de helicóptero e ver de perto o labirinto de gelo. Outra opção é caminhar até a face terminal da geleira.

Depois, esquente seus pés gelados nas Glacier Hot Pools.

Dias 12 - 15: Wanaka e Queenstown

Queenstown
Bungy, Queenstown

By AJ Hackett Bungy

Queenstown

WANAKA e QUEENSTOWN

Combinação de aventura e tranquilidade.

Destaques

  • Bungy, paraquedismo, rafting e jetboating
  • Caminhada, passeios de cavalo e tour 4x4
  • Esqui e snowboard no inverno

Proximidade

  • By car: 4h30 | 262 km Queenstown via Wanaka
  • By bus: 7h15 | até Queenstown via Wanaka
  • By : pela Intercity ou NakedBus

Neste dia, você seguirá pela Haast Pass até Wanaka. Há algumas poucas cidades pelo caminho, mas não deixe de parar nas maravilhosas Blue Pools.

Wanaka é uma verão mais tranquila de sua vizinha aventureira Queenstown. Tome um café e descubra a cidade durante um passeio de barco pelo lago e caminhada na natureza. Você também pode fazer uma excursão relaxante para degustação de vinhos pelas várias vinícolas da região. Durante o inverno, a região abriga alguns dos melhores campos de esqui.

Em seguida, equipe-se para as aventuras de Queenstown!

É impossível incluir em seu roteiro tudo o que há para fazer na “capital neozelandesa da aventura”, mas as seguintes atividades já são um começo: barco a jato, bungy jumping, paraquedismo, safáris em 4x4, mountain biking e caminhada.

Dia 16: Viagem de um dia a Milford Sound

Fiordland
Milford Sound, Fiordland

By Adam Bryce

Destaques

  • Cruzeiros de barco dia e noite
  • Caiaque e mergulho
  • Caminha pela Milford Track

Proximidade

  • By car: 3h45 | 287 km (mão única) via SH6 e SH94
  • By : CUIDADO: O tempo de direção varia muito no inverno.
  • By bus: Visite o iSITE local para passeios diurnos pela região

DESCUBRA MILFORD SOUND

Rudyard Kipling uma vez chamou esse fiorde de “oitava maravilha do mundo”.

Saiba mais

Milford Sound é uma opção de passeio relaxante após a agitação de Queenstown, então pegue um ônibus de excursão e passe o dia neste belíssimo lugar.

Você gastará um bom tempo na estrada, mas nem se lembrará disso quando estiver navegando pelas águas de Milford Sound. Faça um cruzeiro de barco ou alugue um caiaque e contemple o céu azul, as montanhas verdejantes, a água cristalina e as cascatas enormes.

Outra opção é fazer um tour aéreo pelos Sounds, saindo do aeroporto de Queenstown.

Caso prefira fazer viagens mais curtas, você pode passar uma noite em Te Anau, para conhecer cavernas cheias de larvas luminosas ou caminhar por uma das várias trilhas de Fiordland.

Dias 17 - 19: Invercargill, Stewart Island e The Catlins

Southland
Waipapa Point, The Catlins, Southland

By Venture Southland

Southland

SOUTHLAND

Uma terra de costa acidentada e planícies onduladas.

Destaques

  • Veja leões-marinhos em Curio Bay
  • Caminhada em Stewart Island
  • Transport World

Proximidade

Você está prestes a viajar até o extremo sul da Nova Zelândia.

Em Invercargill, é possível visitar o Southland Museum e conhecer sua enorme área destinada às tuataras (réptil endêmico da Nova Zelândia).

Em seguida, atravesse o Estreito de Foveaux Stewart Island, a terceira maior ilha da Nova Zelândia. A Stewart Island Experience organiza diversos passeios, inclusive até Ulva Island, lar de várias espécies ameaçadas. Esta noite pode ser a sua chance de ver a ave rara kiwi, responsável pelo apelido dos neozelandeses – faça uma excursão para observação de kiwis e cruze os dedos.

No 19º dia, volte para a Ilha Sul e siga pela deslumbrante Catlins Coast até Dunedin. Não deixe de visitar algumas das belas atrações de Catlins pelo caminho.

Dia 20: Dunedin

Dunedin
Sunrise in Dunedin, Dunedin

By Dunedin Tourism

Dunedin

DUNEDIN

Atmosfera excêntrica, encontros com animais selvagens e um castelo.

Destaques

  • Bares animados e vida noturna vibrante
  • Royal Albatross Centre
  • Larnach Castle

Proximidade

  • By car: 2h35 | 205 km via SH1
  • By bus: 3h45 | via Gore pela Intercity
  • By : Visite o iSITE local para passeios de um dia por Dunedin.

Dunedin é uma cidade universitária, com atmosfera estudantil animada durante o ano letivo. Sinta-se em casa em um dos muitos bares de estudantes, ou escolha algum lugar mais sofisticado – opção é o que não falta.

A cervejaria histórica de Dunedin, Speight’s Brewery, é o local de origem da icônica produção de cerveja da Ilha Sul. Faça o tour da cervejaria e depois jante na original Speight’s Ale House, onde a comida é harmonizada com as cervejas.

Um pouco mais além fica a Otago Peninsula, que abriga várias espécies de pinguim, inclusive os fofos pinguins-de-olho-amarelo, ameaçados de extinção. O magnífico albatroz-real e vários grupos de leões-marinhos e focas também vivem nessa região. Agende uma excursão de ônibus ou alugue uma bicicleta elétrica e conheça a península.

Dia 21: Observação de estrelas no Lake Tekapo

Christchurch - Canterbury
Estrelas no Lake Tekapo, Canterbury, Christchurch - Canterbury

By Julian Apse

Destaques

  • Observação de estrelas em Dark Sky Reserve
  • Caminhadas e ciclismo ao redor do Lake Tekapo
  • Mergulhe em piscinas naturais de água termal

Proximidade

  • By car: 3h40 | 332 km via SH1 e SH8
  • By bus: Sem rota direta de ônibus - veja as opções de viagem sem carro

Observação de estrelas na Nova Zelândia

Com seu céu escuro e limpo, a Nova Zelândia é um dos melhores lugares do mundo para observação astronômica.

Saiba mais

No caminho para Lake Tekapo, não deixe de visitar o Orokonui Ecosanctuary, que abriga diversas espécies nativas raras.

Se estiver viajando de carro, siga de Oamaru em direção ao interior, passando por Kurow e Twizel. Você passará pelos magníficos Alpes do Sul e verá o pico mais alto da Nova Zelândia, o Aoraki Mt Cook.

A chegada ao Lake Tekapo é sempre espetacular. A cor extraordinária do lago faz os visitantes pararem na beira da estrada para olhar melhor. Esta área é a maior reserva de observação astronômica do mundo. O vasto espectro de estrelas visíveis durante a noite é inigualável. Fazer uma excursão para observação astronômica é uma excelente forma de aprender mais sobre o assunto.

Car-free option

Fique uma noite em Ashburton ou Cromwell antes de seguir para Tekapo.

Dia 22: Volte para Christchurch

Christchurch - Canterbury
1851 making coffee, Christchurch - Canterbury

By Crowne Plaza Christchurch

Destaques

  • Cafés, restaurantes e bares peculiares
  • Explore Akaroa e Banks Peninsula
  • Relaxe em Sumner Beach

Proximidade

EXPERIÊNCIAS GRATUITAS IMPERDÍVEIS

Descubra as 10 melhores atividades gratuitas na Nova Zelândia.

Saiba mais

As belíssimas paisagens neozelandesas enfeitam o caminho de volta para Christchurch, onde termina a viagem. Pare para um café ou almoço nas cidades pelo caminho.

Se você ainda não teve a oportunidade de conhecer Christchurch, esta pode ser a sua chance de visitar o International Antarctic Centre. Caso disponha de mais um dia, Akaroa, na Banks Peninsula, é uma excelente alternativa de viagem de bate e volta. Outra opção é passar a última tarde visitando as várias butiques da cidade ou relaxando em um café descolado antes de voltar para casa.

Dirigindo na Nova Zelândia

Coisas importantes que você precisa saber sobre como dirigir na Nova Zelândia.

Veja a rota abaixo

Você também pode estar interessado em...

Passeios recomendados →

Como chegar aqui →

Vistos e imigração →