Russell

Você está aqui

Com edifícios históricos e um cenário à beira-mar, muitos cafés, restaurantes e galerias de arte, Russell oferece uma qualidade verdadeiramente romântica.

Essa charmosa cidade é uma linda base para uma visita à Bay of Islands.

Russell ocupa um lugar importante na história da Nova Zelândia, sendo o primeiro porto marítimo do país, o primeiro povoado europeu e a primeira capital. As ruas da cidade mantêm o layout original e os nomes de 1843, e muitos dos edifícios históricos ainda podem ser visitados.

Um passeio pelas ruas levará à missão católica "Pompallier", a construção católica romana mais antiga da Nova Zelândia que ainda permanece em pé. Construída de 1841 a 1842 sob direção do arquiteto Louis Perret, foi utilizada como estamparia, curtume e armazém para a missão marista francesa. Pompallier foi submetida a um extenso e premiado trabalho de conservação, e é agora um museu onde os métodos antigos de curtimento, impressão e encadernação podem ser apreciados.

Outra construção a ser admirada é a igreja Christ Church, a mais antiga da Nova Zelândia, que ainda exibe os furos das balas de mosquete das guerras da Nova Zelândia.

Russell já foi conhecida como "O buraco do inferno no Pacífico", pois era um destino para marinheiros, baleeiros e comerciantes com licença para sair do navio durante o século XIX. Hoje, a atmosfera é muito mais agradável; Russell é uma cidade turística popular, com muitas lojas, restaurantes e acomodações para atender à toda a família.

No cais, você pode pegar um barco de pesca esportiva para pescar marlim, atum, peixe-espada e tubarão. A vizinha Long Beach é um bom lugar para nadar.

Russell pode ser acessada por estrada, mas o caminho mais fácil é pela balsa a partir de Paihia, que leva cerca de 15 minutos.

Informações úteis: População aproximada: 820 habitantes, centro de informações, serviço de balsa de ida e volta para Paihia, balsa para veículos de ida e volta para Opua.

Leia maisFechar
Localizar & reservar voos