Céus escuros e limpos, características celestes únicas e paisagens sobrenaturais tornam a observação de estrelas na Nova Zelândia uma experiência mágica de tirar o fôlego.

Mount Cook Stargazing binoculars, Nova Zelândia

Aqui, o céu parece estar mais perto da Terra, cheio de constelações e estrelas cadentes em um manto escuro e brilhante. Grande parte do país não tem poluição luminosa e abriga alguns dos observatórios mais acessíveis do mundo.

Lar dos céus mais escuros do mundo

Recentemente, 4.300 quilômetros quadrados da Ilha Sul da Nova Zelândia foram reconhecidos como uma Reserva Internacional de Céu Escuro, a maior desse tipo em todo o mundo. Cobrindo grande parte da região de Aoraki/Mount Cook Mackenzie, a reserva foi denominada "um dos melhores locais para observação de estrelas na Terra".

Para conhecê-la, vá ao Big Sky Stargazing, no sopé do Mount Cook, ou participe de uma das excursões da Earth & Sky no Mount John Observatory, em Tekapo. Aqui, você desfrutará de telescópios profissionais e guias apaixonados que lhe proporcionarão uma experiência inesquecível de observação de estrelas.

Um pouco mais ao sul, Queenstown também oferece a magia do chamado stargazing. Pegue um teleférico para o alto das montanha com a Skyline Stargazing e se divirta identificando as constelações através da lente dos telescópios. 

Santuários de Céu Escuro

A Great Barrier Island é um dos cinco Santuários de Céu Escuro do mundo. Em junho de 2017, tornou-se o primeiro Santuário Insular. A Good Heavens Dark Sky Experiences oferece pacotes individuais ou para grupos, incluindo um "Jantar com as estrelas".

Recentemente, Stewart Island/Rakiura foi oficialmente reconhecido como o quinto Santuário de Céu Escuro do mundo e o segundo Santuário Insular. A limpeza do céu, além das políticas para mantê-lo desse jeito, são um testemunho do valor que a comunidade de Stewart Island/Rakiura dá à proteção ambiental.

A aurora austral

Se você vier no inverno, pode ter a sorte de vivenciar a sinfonia de cores da aurora austral. Idêntica à aurora boreal, que ocorre no Hemisfério Norte, esse fenômeno é causado pela colisão de átomos e partículas carregadas de energia acima dos pólos norte e sul. Essas colisões são trazidas à vida na forma de espetaculares lâminas em tom de roxo, verde, amarelo e azul que dançam silenciosamente no céu noturno. A aurora austral é vista principalmente na metade meridional da Ilha Sul, em torno de Lake Tekapo, Dunedin, Queenstown, Southland e Stewart Island. Para aumentar suas chances de vê-la, tente estar lá em uma noite clara de inverno perto da lua nova de julho ou agosto.

Nova Zelândia Celestial

Se você quiser ver estrelas na Ilha Norte, siga para Wairarapa ou The Coromandel. Você pode também pegar o bondinho até o Carter Observatory, em Wellington, bem acima da cidade, para descobrir as histórias e o significado dos céus do sul da Nova Zelândia. Conhecido por sua experiência interativa, o Carter Observatory é o observatório nacional da Nova Zelândia. Já o Auckland Stardome é um observatório que tem sessões especiais para crianças, além de um planetário e uma galeria espacial.

 

A aurora austral

Se você vier no inverno, pode ter a sorte de vivenciar a sinfonia de cores da aurora austral. Idêntica à aurora boreal, que ocorre no Hemisfério Norte, esse fenômeno é causado pela colisão de átomos e partículas carregadas de energia acima dos pólos norte e sul. Essas colisões são trazidas à vida na forma de espetaculares lâminas em tom de roxo, verde, amarelo e azul que dançam silenciosamente no céu noturno. A aurora austral é vista principalmente na metade meridional da Ilha Sul, em torno de Lake Tekapo, Dunedin, Queenstown, Southland e Stewart Island. Para aumentar suas chances de vê-la, tente estar lá em uma noite clara de inverno perto da lua nova de julho ou agosto.

Nova Zelândia Celestial

Se você quiser ver estrelas na Ilha Norte, siga para Wairarapa ou The Coromandel. Você pode também pegar o bondinho até o Carter Observatory, em Wellington, bem acima da cidade, para descobrir as histórias e o significado dos céus do sul da Nova Zelândia. Conhecido por sua experiência interativa, o Carter Observatory é o observatório nacional da Nova Zelândia. Já o Auckland Stardome é um observatório que tem sessões especiais para crianças, além de um planetário e uma galeria espacial.

plane Localizar & reservar voos

Você também pode gostar de...