Mount Victoria

Você está aqui

Vistas deslumbrantes e excelentes trilhas de caminhada recompensam aqueles que se aventuram até o topo do Mount Victoria.

O Mount Victoria tem vistas 360° impressionantes da cidade de Wellington, do porto e do oceano ao sul. O acesso por carro e ônibus é feito pela Alexandra Road. Já as trilhas de caminhada partem da Oriental Parade e da Majoribanks Street.

A lenda diz que, no porto de Wellington, originalmente um lago cercado por terra, havia dois "taniwha" (monstros marinhos) grandes e muito ativos. Um taniwha criou uma passagem até o mar aberto, criando a entrada do porto. O segundo, cujo nome era Whataitai, tentou seguir outra rota, mas encalhou e morreu. Acredita-se que Tangi-te keo (o Mount Victoria) recebeu esse nome em homenagem à alma de Whataitai.

O Mount Victoria faz parte do cinturão da cidade de Wellington, faixa de terra destinada pela New Zealand Company colonial em 1841 a ser uma "área de recreação pública para os habitantes de Wellington". O local é excelente para caminhadas, corridas e ciclismo de montanha.

Ao final da estrada que leva ao cume, próximo à plataforma de observação, há um memorial impressionante a Richard Byrd, um aviador norte-americano. Byrd organizou diversas expedições à Antártica que partiam de sua base na Nova Zelândia. Em 1929, ele sobrevoou o Polo Sul pela primeira vez.

Mais recentemente, o Mount Victoria foi cenário das filmagens do primeiro filme da trilogia "O Senhor dos Anéis", dirigido por Peter Jackson, um dedicado habitante local. Na encosta das montanhas, a poucos minutos da sofisticação da moderna Wellington, hobbits apavorados se escondiam de Nazgûl na vegetação densa.

Localizar & reservar voos