Parques nacionais - Fiordland

Você está aqui

Uma das regiões mais lindas e incríveis da Nova Zelândia; o poder da paisagem de Fiordland nunca deixa de encantar os viajantes.

Esse notável ambiente natural exibe fiordes deslumbrantes, cachoeiras espetaculares e picos cobertos de neve. A antiga floresta agarra-se às montanhas; cachoeiras com quedas de centenas de metros deságuam em enormes fiordes; lagos cintilantes e picos de granito exibem a mesma aparência de milhares de anos atrás.

Principais destaques

Os fiordes são vales em forma de U entalhados em geleiras e inundados pelo mar. A criação dos 14 fiordes que decoram o sudoeste da South Island levou 100 mil anos. Seus detalhes finais foram adicionados na última era glacial, há apenas 10 mil anos. Os Maoris atribuíam a criação dos fiordes ao gigante pedreiro Tute Rakiwhanoa, que esculpia os vales escarpados com suas enxós.
Em todos os lados dos fiordes, cachoeiras espetaculares caem incessantemente, fazendo com que os grandes volumes de chuva encontrem seu caminho até o mar.

Descrito por Rudyard Kipling como "a oitava maravilha do mundo", o Milford Sound sempre mantém sua majestade. Voos panorâmicos durante o dia e cruzeiros revelam sua beleza aos visitantes.

A 421 metros, o Doubtful Sound é o fiorde mais profundo da Nova Zelândia. O local é um paraíso para a natureza, com golfinhos, lobos-marinhos e pinguins.

Os dois terços restantes do Fiordland National Park são cobertos de faia virgem e viveiros de carpas. Uma rede de trilhas de caminhada com 500 quilômetros permite que os visitantes explorem o mundo primitivo dos picos das montanhas, lagos alpinos e vales revestidos com musgo.

Em 1990, Fiordland foi classificado como patrimônio da humanidade pela Nações Unidas e recebeu o nome de Te Wahipounamu, "casa da pedra verde", em homenagem ao recurso mineral mais apreciado da região.

Acomodações

O Departamento de Conservação fornece mais de 50 cabanas para os praticantes de caminhada no parque. As cabanas "Great Walks" estão disponíveis nas trilhas Milford, Kepler e Routeburn e oferecem mais conforto que o de costume. Há cabanas mais básicas em outras trilhas. Na maioria delas há plataformas de descanso com colchões, banheiro e água.

Há diversas opções de acomodação nas cidades de Te Anau e Manapouri, próximo ao lago, e ao redor delas. Em Milford Sound, o único fiorde que pode ser acessado por estrada, há um alojamento para mochileiros.

Principais atividades

As Great Walks e muito mais

Três das "Great Walks" da Nova Zelândia encontram-se no Fiordland National Park. A mais famosa (e, por isso, a mais popular) é a Milford Track, que dura cinco dias. A Kepler Track é uma rota circular com duração de quatro dias e a Routeburn, que atravessa o Mount Aspiring National Park, geralmente leva três dias. Há muitas outras trilhas menos famosas, tão espetaculares quanto essas três, a serem exploradas.

Canoagem e mergulho marítimos

É possível explorar diversos dos fiordes fazendo canoagem marítima. De canoa também é possível chegar aos lagos em Te Anau e Manapouri. O mergulho em Fiordland oferece a chance rara de ver plantas marinhas de águas profundas crescendo próximo à superfície. Dentre os residentes locais há golfinhos, lobos-marinhos e pinguins.

Cruzeiros pelos fiordes

Todos os dias, voos panorâmicos e serviços de transporte levam visitantes a Milford Sound para cruzeiros panorâmicos. Há opções de cruzeiros ecológicos a fiordes menos acessíveis em Te Anau ou Manapouri.

Dicas importantes

  • Do final de outubro ao final de abril, é essencial fazer reservas para garantir a acomodação nas cabanas Great Walks.
  • Podem ocorrer baixas temperaturas, neve, ventos fortes e chuvas fortes em qualquer momento do ano. Esteja preparado.
  • O repelente de insetos é essencial no Fiordland National Park, pois os borrachudos da região são lendários.
  • Se você não tem experiência na vida ao ar livre, recomenda-se agendar caminhadas guiadas.
  • É possível caçar e pescar no parque, mas é necessário ter autorização.
Localizar & reservar voos