Great Walks - Routeburn Track

Com elevados picos montanhosos, grandes vales, cachoeiras e lagos que brilham como joias, essa trilha liga o Mount Aspiring National Park ao Fiordland National Park.

Fiordland
Routeburn Track, Fiordland

By Miles Holden

Fiordland
Routeburn Track, Fiordland

By Vaughn Brookfield

Fiordland
Routeburn Track, Fiordland

By Julian Apse

Fiordland
Routeburn Track, Fiordland

By Miles Holden

32 km - 3 dias

Uma aventura alpina magnífica

Embora a Routeburn Track talvez seja uma das trilhas mais curtas de Great Walks, ela tem um dos maiores cenários. Com picos de montanha altos, vales enormes, cachoeiras e lagos que parecem joia, a trilha liga o Mount Aspiring National Park ao Fiordland National Park. O ponto mais alto da trilha fica a 1255 m acima do nível do mar, ou seja, você vai mais escalar montanha do que caminhar.

A trilha tem 32 km de comprimento e geralmente leva três dias para ser feita, mas os atletas profissionais costumam concluir a trilha em um dia. Todo mês de maio, é realizada uma corrida na montanha ao longo da trilha. O percurso é feito em três a nove horas.

A Routeburn Track faz parte da área de Patrimônio Mundial Te Wahipounamu, a sudoeste da Nova Zelândia. Essa área incrível da Nova Zelândia foi formada por sucessivas glaciações em fiordes, costas rochosas, penhascos elevados, lagos e cachoeiras. Dois terços da área protegida são cobertos por faias e podocarpus ao sul, alguns com mais de 800 anos. O kea - o único papagaio alpino do mundo - vive aqui, assim como o raro takahe não voador.

Lago Harris

A longa subida até o Harris Saddle, o ponto mais alto da trilha, vale a pena. O belo Lago Harris recepciona você com águas que, dependendo do clima, são azul marinho ou cinza. A área tem muitos outros pequenos lagos escondidos em seus recantos.

No abrigo Harris, você está cercado por montanhas como Darren Range, Mount Madeline (2537 m) e Mount Tutoko (2746 m), entre outras. Existe um caminho bem delimitado do abrigo até Conical Hill (1515 m), onde há uma vista panorâmica de 360°.

Água e mais água em todo lugar

A floresta cheia de musgos, os cursos de água abundantes e as cachoeiras vigorosas mostram que há muita chuva nesse canto do mundo. No entanto, isso não deve ser encarado como um problema - Routeburn é mágico em qualquer estação. Um dia chuvoso é um presente, deixando as cachoeiras ainda mais incríveis.

Pontes móveis são uma maneira interessante de percorrer os diversos rios e córregos. Particularmente notável é o Israeli Creek, que recebeu esse nome depois que um casal israelense se perdeu ao andar por um caminho não sinalizado próximo e ficou algum tempo preso em uma orla acima do riacho.

Key Summit

Na extremidade sul da trilha, Key Summit tem vistas panorâmicas das montanhas Humboldt e Darran. Durante a última era do gelo, que terminou há aproximadamente 14.000 anos, uma enorme geleira caiu no Hollyford Valley e cobriu o Key Summit uns 500 m, com blocos de gelo partindo-se e espalhando-se nos vales Eglinton e Greenstone. Existe uma trilha para caminhada sem guia pela natureza alpina em Key Summit, que fica a 20 minutos da trilha principal.

Pássaros de Routeburn

Os pássaros são abundantes nas áreas de floresta da Routeburn Track. Tomtits nativos, pintarroxos, rhipiduras, pombos e arapongas são vistos por todo lugar. Mas de todos os pássaros que vivem na trilha ou ao redor dela, existe um de todo visitante espera ver: o kea. Oficialmente o único papagaio alpino do mundo, o kea é um belo pássaro verde oliva com penas vermelhas por baixo. Eles são divertidos e famosos por roubar coisas como chinelos, chapéus, câmeras e tudo mais que conseguirem levar no bico.

Mais curta ou mais longa

Esta trilha não é adequada para os meses de inverno - 32 caminhos de avalanche foram identificados entre Routeburn Falls Hut e Earland Falls. No entanto, você pode fazer uma caminhada de um dia em qualquer época do ano. A parte da trilha que vai do final da estrada em Routeburn Shelter até Routeburn Falls Hut é limpa o ano todo. Além disso, a parte entre The Divide e Earland Falls é excelente para um dia de caminhada.

Para uma caminhada de aventura mais longa, a Routeburn Track pode ser ligada com as trilhas Greenstone ou Caples.

A trilha Greenstone

Bem antes de os europeus chegarem em Nova Zelândia, o povo de Tai Poutini iwi caminhava regularmente pelo Routeburn Valley para ter acesso a uma fonte de pounamu (jade) na nascente do Lago Whakatipu. Pounamu era muito valorizado como material para ferramentas, armas e ornamentos.

Os primeiros europeus a verem a área foram os pioneiros David McKellar e George Gunn que, em 9 de junho de 1861, subiram até o topo de Key Summit. O turismo começou na década de 1880. Os visitantes eram levados até Routeburn Flats a cavalo e seguiam a pé até Harris Saddle.

Reservar um passeio com uma agência de turismo

Diversas agências de turismo especializadas podem ajudar você a tornar essa experiência uma realidade. Não importa se esteja à procura de uma excursão guiada ou de acomodações ao longo da trilha; consulte nossas listagens de empresas e encontre a experiência de caminhada ideal para você.

Reservar um passeio por conta própria

Se desejar fazer uma Great Walk por conta própria, você precisará reservar as acomodações com antecedência através dos Centros de Visitantes do Departamento de Conservação (DOC).

  • Great Walks Taxas e Reservas
  • Os Centros de Visitantes do Departamento de Conservação (DOC) espalhados pelo país poderão fazer reservas de cabanas ou de acampamentos em seu nome. São cobradas taxas de reserva.
  • Ligue para +64-3-249 8514, envie um fax para +64-3-249 8515 ou um e-mail para greatwalksbooking@doc.govt.nz

Mais informações

Localizar & reservar voos