Otago Goldfields Heritage Trail

Você está aqui

Uma série de reservas históricas e caminhos o ajudarão a descobrir as histórias dos gloriosos dias da corrida do ouro de Central Otago.

Como um gigante museu a céu aberto, a Otago Goldfields Trail combina trilhas e trilhas para ciclismo de montanha emocionantes, além de oferecer a chance de ver as ruínas dos esforços humanos da década de 1860. Você pode escolher visitar entre mais de 20 minas de ouro. Juntas, elas apresentam as diversas técnicas de mineração de ouro desenvolvidas por pessoas muito inteligentes motivadas pelas chances de adquirir grandes riquezas. Quando o ouro foi descoberto em Otago, em 1861, milhares de mineiros se dirigiram à região, protagonizando cenas similares às corridas da Califórnia e da Austrália. Tudo começou em Gabriel's Gully e, em cerca de sete meses, 10 mil mineiros concentravam-se nesse garimpo. Com minas com nomes como Dead Horse Pinch, Serpentine e Lonely Graves, a dificuldade e o otimismo sombrio da febre do ouro ficam muito aparentes. A Golden Progress Mine e Earnscleugh Dredge Tailings mostram como a tecnologia evoluiu durante a corrida. Até 1867, cerca de 56 mil quilos haviam sido extraídos de Otago. Esse tempo próspero teve um grande impacto na economia jovem da Nova Zelândia. Os grandes prédios da cidade de Dunedin são exemplos de como as riquezas de Otago foram gastas.
Localizar & reservar voos